Que tal curtir o inverno na China durante as férias? Além de contar com algumas das melhores estações de esqui da Ásia, o país reserva um mundo de atrações incríveis durante toda a temporada de neve. Tem festivais de inverno com esculturas de gelo impressionantes, os ricos sabores da gastronomia local, programas culturais fascinantes e muito mais. A seguir, selecionamos as melhores dicas de lugares para você se inspirar e conhecer o melhor do frio e da neve na China. Confira!

1. Esportes de inverno em Yabuli, a maior estação de esqui da China

Em Heilongjiang, uma das províncias onde a neve e o frio chinês são mais intensos, fica Yabuli, a maior estação de esqui da China. Por lá, você tem a chance de esquiar e praticar snowboard no mesmo local de treinamento das equipes chinesas de esporte de inverno. A pista mais desejada pelos esquiadores experts tem cerca de 3 quilômetros de comprimento e uma queda vertical de 805 metros, o que a torna a mais longa – e emocionante – pista de esqui alpino de toda a Ásia.

Mas se você é iniciante, não se preocupe. A estação de Yabuli também é uma ótima opção para quem está indo esquiar pela primeira vez. Além de pistas curtinhas e sem declives, há aulas com instrutores qualificados, fluentes em inglês e diversas outras línguas. Depois das aventuras de esqui, dá para incluir no roteiro muitas outras atividades de inverno, como caminhada nórdica, snowmobile (moto de neve) e descidas em trenós.

2. O melhor do inverno na China está em Harbin, a capital do gelo

Entre as grandes atrações de inverno na China está o Festival Internacional de Gelo e Neve de Harbin, que acontece entre o início de janeiro e o fim de fevereiro de cada ano. Sediado na capital da província de Heilongjiang, a 200 quilômetros da estação de Yabuli, o evento se consolidou como um dos festivais de inverno mais famosos e impressionantes do planeta.

Durante as festividades, prepare-se para ver enormes esculturas de gelo e neve, que apresentam um tema diferente a cada ano. À noite, obras de arte geladas como castelos e catedrais são iluminadas com luzes multicoloridas e parecem ganhar vida como uma cidade de gelo de tirar o fôlego. Sem dúvida, é um ponto turístico da China que não dá para deixar de conhecer durante o inverno.

3. Férias de esqui em Beidahu, o reino de neve powder

Localizada no nordeste do país, na província de Jilin, a tranquila estação de Beidahu é conhecida por ter o melhor tipo de neve na China. O local já realizou com sucesso muitos eventos esportivos, incluindo os Jogos Asiáticos de Inverno em 2007. Independentemente do seu nível de experiência, esquiar é uma experiência ilimitada em Beidahu. Há muitas opções de pistas, incluindo trilhas desafiadoras e áreas para corridas e saltos de esqui.

Além do esqui, a programação de viagem pode incluir aulas de snowboard, momentos relax em fontes termais e muitos passeios em locais próximos, como o parque natural Beidahu Park e o Lago Beidahu. Para os fãs de astronomia, o Museu de Meteoritos de Jilin é uma atração imperdível. Já os amantes de sabores únicos vão adorar a gastronomia local, que oferece pratos irresistíveis como o “hot pot” – espécie de fondue chinês com carne bovina ou frango, frutos do mar e vegetais.

4. A Grande Muralha, o maior ponto turístico da China, fica mágica no inverno

Você provavelmente já deve ter ouvido falar da fascinante Muralha da China, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, que se estende por 21 mil quilômetros e foi construída ao longo dos séculos para proteger o território chinês. Se tiver a chance, tente conhecer a famosa atração durante o inverno na China, quando os trechos cobertos de neve levam ainda mais encanto à construção.

A Grande Muralha não só oferece vistas mais bonitas no inverno do que em qualquer outra época do ano, mas também é muito menos lotada nesse período. Apenas certifique-se de usar botas de neve adequadas, pois os degraus são íngremes e podem ficar escorregadios em muitos lugares.

5. Divirta-se em família com a patinação no gelo em Pequim

As temperaturas no inverno em Pequim geralmente variam entre -5ºC e 5ºC, o que possibilita passeios ao ar livre pelos vários parques da capital. E como a patinação no gelo é uma das atividades favoritas dos chineses e turistas durante a estação mais fria do ano, a maioria das áreas públicas tem rinques de patinação.

Os melhores ficam nos lagos Shichahai (popularmente conhecido como Houhai) e nos parques Beihai e Zizhuyuan. Outro destaque é a pista de patinação do Summer Palace (Yiheyuan), a maior em Pequim, totalizando 700 mil metros quadrados.

Saiba quando é inverno na China para planejar a data da sua próxima viagem

Estamos falando de um país que fica no hemisfério norte. Sendo assim, oficialmente, o período de inverno na China começa em 21 de dezembro e termina no dia 20 de março. Mas, na prática, o frio na China se estende desde novembro até abril. Nesse período é comum a neve na China cair nas regiões norte e nordeste.

Qual o tempo de viagem China x Brasil?

Uma viagem para China em um voo São Paulo-Pequim dura entre 24h e 33h, com pelo menos uma escala. Existem diversas opções de companhias áreas e trajetos; pesquise e encontre o que melhor se encaixa às suas necessidades.

E então, gostou das nossas dicas de inverno na China? Agora que você já conheceu 5 bons motivos para conhecer a neve e o frio do país, é hora de começar a planejar a sua viagem para o outro lado do mundo. Vamos nessa?

Outros artigos que podem te interessar

Resorts recomendados

Yabuli
Yabuli
Inverno

Yabuli

China

Beidahu
Beidahu

Beidahu

China