Aventurar-se no mundo dos esportes na neve pela primeira vez traz, além da expectativa e emoção, uma série de dúvidas e desafios. Para tornar a sua experiência mais tranquila e agradável, confira o glossário de esqui com alguns dos termos mais comuns desse novo universo que você está prestes a explorar.

Principais termos do esporte na neve

É hora de conhecer os principais termos do esqui e tirar possíveis dúvidas. Com a leitura e um pouco de pesquisa, você chega ao seu resort de neve mais familiarizado com algumas novidades que você vai encarar nas montanhas. Vamos começar a se aventurar nesse universo?

  • Après-ski: termo francês que engloba as atrações e atividades além do esqui que uma estação, cidade ou vilarejo oferece aos turistas após um dia de aventuras na montanha (bares, casas noturnas, restaurantes, lojas, eventos, spas, etc.).

  • Big Mountain Skiing: esporte de inverno radical praticado fora das pistas demarcadas, em áreas abertas e íngremes, com menos intervenção humana no terreno.

  • Chairlift: teleférico estilo “cadeirinha” que leva os esquiadores e snowboarders às pistas de esqui, podendo ter de um a seis lugares.

  • Domínio de esqui: é o mesmo que área de esqui; um lugar que reúne um conjunto de estações de esqui e toda a infraestrutura em torno das pistas.

  • Edge: Lâmina existente nas bordas dos esquis e snowboards, que tem como função cortar a neve e o gelo, permitindo que o atleta faça curvas ou reduza a velocidade nas pistas.

  • Esqui alpino: é uma modalidade de esqui clássica em que o atleta desce em alta velocidade uma pista com grau de inclinação elevado na montanha.

  • Esqui Cross Country: tradicional esporte de inverno, o esqui cross country consiste em atravessar grandes distâncias mais ou menos planas em esquis, com o uso dos braços e bastões durante o trajeto.

  • Freestyle: modalidade focada em saltos e manobras, geralmente praticada nos snowparks, onde obstáculos naturais ou artificiais são usados de forma criativa e plástica pelo atleta.

  • Gaper: um esquiador que não entende a etiqueta adequada em pistas, roupas de esqui ou técnica de esqui.

  • Goggles: são os óculos de esqui desenhados especialmente para os esportes de inverno. Eles protegem os olhos da neve, do gelo e da luz solar refletida no terreno.

  • Gôndola: são os meios de elevação com cabines amplas e fechadas, usados para levar os passageiros da base da montanha até a área principal da estação, onde ficam as pistas ou os mirantes.

  • Grind ou slide: tipo de manobra realizada por esquiadores e snowboarders que consiste em deslizar por corrimões ou outro tipo de obstáculo antes de retornar para a pista.

Mais termos a serem desvendados

Já são muitos termos para compreender, mas ainda há muitos outros que você pode escutar durante suas férias num resort de neve. Continue a leitura e faça suas anotações para dominar o vocabulário, mas se tiver dúvidas, não hesite em perguntar ao instrutor!

  • Grooming: trabalho realizado por máquinas e funcionários de uma estação de esqui que serve para deixar as pistas mais lisas e regulares, sem obstáculos ou grandes ondulações.

  • Halfpipe: similar ao que existe no skate, é um tipo de pista em formato de “U”, usada principalmente por snowboarders para dar grandes saltos e realizar manobras radicais.

  • Magic carpet: um tipo de meio de elevação ou teleférico de superfície frequentemente encontrado nas áreas de aprendizado para iniciantes por conta de sua facilidade de uso.

  • Mogul ou bump: obstáculo criado por montes de neves firmes formados natural ou artificialmente em uma pista para forçar o esquiador a se movimentar rapidamente e se esquivar das saliências.

  • On Piste e Off Piste: denominações que determinam se uma descida acontece nos limites da área cuidada por uma estação (on piste) ou fora dela (off piste).

  • Pista preta: Na Europa, as pistas de esqui são classificadas em cores diferentes, com o preto indicando as áreas apropriadas para esquiadores mais experientes.

  • Pizza: no mundo do esqui, a pizza é uma referência à maneira como você posiciona seus esquis (com os esquis voltados para dentro, formando uma fatia de pizza) para desacelerar.

  • Slalom: modalidade em que os atletas precisam descer uma pista ziguezagueando por meio de uma série de bandeiras em busca do menor tempo e cruzar a linha de chegada.

  • Snowpark ou terrain park: são parques de neve dedicados ao snowboard e esqui freestyle, onde existem uma série de obstáculos que podem ser usados para saltos, grinds e manobras.

  • Ski-in e Ski-out: a facilidade ski-in/ski-out se refere à possibilidade de retornar ou sair esquiando do seu resort, dispensando a necessidade de longos deslocamentos até as pistas.

  • Ski pass: o passe individual que garante o seu trânsito, fácil e sem filas, por toda a estação de esqui por meio de gôndolas e lifts. Os melhores resorts já contam com esse benefício incluído no pacote All Inclusive de férias.

  • Zig zag: quando o esquiador atravessa uma pista formando um “z”.

Outros artigos que podem te interessar

Resorts recomendados